Voltar para a lista

Guia passo a passo Brasil: O que é trading?

trading Brasil

Se você se interessa por investimentos, certamente já ouviu falar em trading, uma modalidade rápida e com potencial de lucros.

Para conhecer esse tipo de investimento e saber como fazer trading Brasil, basta seguir este guia passo a passo.

Assim, além de saber a definição do investimento, você descobre como fazer parte do mercado e obter seus próprios lucros.

Confira!


  1. O que é trading?
  2. Os tipos de trades disponíveis
  3. Quem pode fazer trading no Brasil?
  4. Guia passo a passo para fazer trading
  5. Fazer trading é seguro?
  6. 5 coisas que você precisa saber sobre trading
  7. Por que fazer trading?
  8. FAQ

O que é trading?

Trading é o nome dado a um tipo de investimento de curto prazo, onde o investidor obtém lucro através da diferença entre a compra e venda de uma ação.

De forma geral, as ações comercializadas pelo trader são de ações de alta liquidez, ou seja, que podem ser vendidas rapidamente.

Por conta disso, no online trading é possível conseguir rendimentos em apenas um dia de negociação e, em alguns casos, em poucos minutos de operação.

Para fazer trading, é preciso utilizar o serviço de uma corretora ou home broker, que possibilita que o investidor realize suas operações de forma segura.

Os tipos de trades disponíveis

Agora que você já sabe o que é trading, é preciso conhecer mais à fundo sobre o funcionamento deste investimento moderno e ágil.

Uma das coisas que você precisa saber sobre trading é que existe mais de um modo de investir disponível. São chamados de trading manual e trading automático.

Além de serem diferentes na forma como as operações são realizadas, cada tipo de trading exige um nível de conhecimento por parte do investidor.

Porém, tenha em mente que em ambos os casos, para ter sucesso, o trader deve estudar para tomar as melhores decisões.

Veja as diferenças do trading manual e trading automático a seguir:

Trading Manual

Quando utilizamos o termo “manual”, normalmente nos vem ao pensamento o que não é automatizado.

Isso se aplica ao tipo manual do trading. Significa que o processo da operação não pode ser automatizado ou contar com o auxílio de robôs. É feito 100% pelo investidor.

Na prática, ao abrir a plataforma da home broker ou corretora, ao invés de permitir que um sistema computadorizado realize a compra e venda, é o trader que vai fazer as operações.

Nesse estilo de trading, é fundamental que o investidor esteja bem preparado. Por isso, além de conhecer a plataforma, o trader deve acompanhar o mercado e a economia.

Outra característica do trading manual é a necessidade de estar presencialmente na plataforma, nos horários em que os mercados estão abertos para negociar.

Ou seja, se uma ação do Japão se mostrar interessante, você vai precisar estar disponível no horário da bolsa de valores japonesa para fazer as compras e vendas.

Por outro lado, como ponto positivo, fazer trading no estilo manual pode te ajudar a perceber uma oportunidade que, apenas com um robô, não seria possível.

Isso tem muito a ver com o famoso “feeling” ou intuição, que não tem muita explicação. Se você é um investidor que costuma seguir seus instintos, pode se beneficiar do trading manual.

Trading Automático

O segundo estilo de trading que você pode realizar é o trading automático.

O trading automático nada mais é do que o uso de robôs e sistemas, que conseguem realizar as operações de compra e venda de ações, seguindo determinados parâmetros.

Isso permite que o trader não necessariamente esteja online, de forma presencial, quando as operações acontecem.

Mas isso não significa que o trader não tem uma função: cabe ao investidor estabelecer os parâmetros de atuação do robô, com base em estratégias com foco na lucratividade.

Apesar de ser mais prático, especialmente ao tirar a obrigatoriedade de estar operando presencialmente, o trading automático possui suas peculiaridades.

Um bom exemplo é que o trader precisa sempre analisar se o robô ainda está bem configurado, de acordo com as mudanças do mercado.

Afinal, uma ação pode ter uma queda brusca de valor ou mesmo aumentar consideravelmente e passar despercebida pelo robô, em uma situação em que a configuração está desatualizada.

Quem pode fazer trading no Brasil?

Fazer trading no Brasil é uma possibilidade para qualquer pessoa, desde que seja maior de idade e tenha condições financeiras para inserir dinheiro em sua conta na home broker.

Apesar de não ser obrigatório estudar para fazer online trading e se tornar um trader, há a recomendação que esse tipo de investimento seja feito somente por pessoas preparadas.

Como se trata de um investimento de alto risco, o trader precisa não só entender como as operações funcionam, mas também ser apto para analisar se uma transação é boa ou não.

Além disso, o trading é recomendado para aqueles que conseguem investir seu dinheiro sem gerar prejuízos para outras áreas da vida.

Guia passo a passo para fazer trading

Se você compreendeu o que é o trading e chegou a conclusão de que quer fazer parte desse mercado moderno e lucrativo, pode conhecer um guia passo a passo para fazer trading.

Basta seguir as etapas apresentadas a seguir para, em pouco tempo, dar os seus primeiros passos pelo universo do online trading:

Busque informações

Quando falamos de trading no Brasil e no mundo, a etapa inicial para se tornar um trader e ter sucesso nos investimentos não poderia ser outra, se não estudar.

Por isso, o primeiro passo é se preparar para fazer investimentos desse porte.

Como este é um mercado cada vez mais buscado, não falta conteúdo na internet sobre trading, desde investidores que compartilham suas experiências, até home brokers que oferecem cursos completos.

Escolha uma home broker

Para fazer trading, você vai precisar contar com o auxílio de uma plataforma home broker ou uma corretora de valores que apresente essa modalidade de investimento.

Para fazer uma boa escolha, o ideal é reservar um tempo para a pesquisa. Veja a opinião de outros usuários, as avaliações das empresas e tente experimentar a plataforma. Tudo isso ajuda na decisão.

Treine antes de fazer tradings

Muitas corretoras também oferecem uma versão demonstrativa do trading. Basicamente, o usuário se cadastra e consegue fazer investimentos com dinheiro fictício, como se fosse um jogo.

Isso permite treinar e entender exatamente como as plataformas de online trading funcionam, para perder o medo e se sentir mais confiante quando houver dinheiro de verdade na sua conta.

Crie um plano de trading

É possível que, com o tempo e os estudos, você entenda que existem estratégias que podem gerar mais lucros para seus investimentos.

Esse é o momento de elaborar o seu plano de trading. No plano de trading, você vai delimitar o quanto pretende ganhar no dia e o quanto está disposto a perder. Para estabelecer essa relação, você deve conferir seu estilo de vida e a condição financeira como um todo.

Ao ter esses limites bem definidos, você sempre sabe a hora de parar, especialmente em um trading que não for bem sucedido.

Lembre-se de atualizar o plano de tempos em tempos e, mais do que isso, obedecer ao plano estabelecido.

Fazer trading é seguro?

Sim. Fazer trading no Brasil é seguro, mas é sempre bom reforçar que o trading é considerado uma negociação de alto risco.

Como todo investimento arriscado, os lucros são maiores. Mas fazer trading não vai ser seguro para aqueles que dependem do dinheiro e que, se não tiverem sucesso, serão prejudicados.

Lembre-se também de que todo o investimento vai ser feito por meio de uma corretora ou home broker.

Por conta disso, é essencial pesquisar sobre a confiabilidade da plataforma antes de se cadastrar, diminuindo os riscos de investir em um ambiente inseguro.

5 coisas que você precisa saber sobre trading

Como você viu, o investimento de trading apresenta uma série de características próprias. Para resumir todas essas informações, veja 5 coisas que você precisa saber sobre trading:

O lucro da compra e venda de ações

O trading nada mais é do que um tipo de investimento que tem sua lucratividade relaciona a compra e venda de ações, em um curto intervalo de tempo.

Na prática, o investidor compra uma ação por um valor e vende a mesma ação acrescida de uma margem de lucro. Essa transação pode acontecer em horas ou dias. Quando o investidor tem um pagamento maior do que o gasto inicial, fez um bom trading.

Corretoras e home brokers

Todo investimento em trading é feito com o intermédio de uma corretora de valores ou uma home broker, que são empresas especializadas nesse tipo de investimento.

Muitas delas apresentam um trading de demonstração, que se assemelha a um jogo, e permite que você faça investimentos fictícios para ser um trader, sem gastar o seu dinheiro.

Pesquisar é fundamental na hora de escolher uma corretora ou home broker para se cadastrar.

Tipos de trading

Existem dois tipos de tradings que um investidor pode fazer: o manual e o automático.

No manual, é o próprio investidor que observa o desempenho de uma ação, avalia o mercado atual e realiza todas as negociações.

Já o método automático utiliza robôs e inteligência artificial para identificar boas oportunidades de trading.

Trade, trading e trader

Esses são três termos sempre presentes no universo trading Brasil e mundo.

Trade é o nome dado a toda troca realizada por duas empresas ou pessoas. Como essa é, resumidamente, a estrutura do investimento, recebeu o nome de trade.

Trading é fazer uma negociação, de fato. Quando você compra e vende uma ação para obter lucro, em curto espaço de tempo, está fazendo um trading.

Por fim, trader é a pessoa que está por trás da negociação, o investidor.

As divisões do trading

Com o sucesso do trading de ações, novas modalidades surgiram no mercado, como o segmento Forex.

No Forex, ao invés de comprar e vender ações, os investidores fazem projeções da queda ou aumento do valor de uma moeda, e ganham dinheiro ao acertar.

Esse ainda não é um método de investimento reconhecido pelos órgãos responsáveis brasileiros.

Por que fazer trading?

Se o trading no Brasil é considerado um investimento de alto risco e exige estudos na área, por que fazer um trading é interessante?

A resposta está na lucratividade. Atualmente, o trading é um dos investimentos mais lucrativos, o que faz com que essa seja uma forma atrativa de fazer o seu dinheiro render.

Outro bom motivo é a rapidez com que tudo acontece. Existem traders que conseguem fazer bons investimentos no intervalo de poucas horas, algo impossível para investidores de outros segmentos.

Por isso, se você está disposto a estudar um mercado e se sente pronto para arriscar, precisa considerar investir em trading. Assim, você pode descobrir uma nova habilidade e um método de obter mais lucro.

FAQ

O que é trading e como funciona?

Se sua dúvida for “trading o que é”, saiba que a resposta é: um tipo de investimento de processamento rápido, por meio de compra e venda de ações.

Para fazer uma online trading você precisa utilizar uma plataforma especializada no ramo, chamada home broker.

Como eu começo a fazer trading?

Para fazer trading no Brasil é preciso criar uma conta em uma home broker ou corretora que conte com esse tipo de investimento entre seus serviços.

Todas as corretoras aceitam somente usuários maiores de 18 anos e é fundamental que você estude antes de fazer qualquer operação.

O que trade significa?

A palavra trade é o nome dado a trocas realizadas por duas corporações. No mundo dos investimentos, o trade significa a compra e a venda de ativos.

Fazer trade é bom ou ruim?

Não é possível definir se fazer um trading ou se tornar um trader é bom ou ruim: cada pessoa pode ter uma vivência.

De forma geral, o trading é um investimento rápido e com potencial de lucro, mas para ter bons resultados é preciso estar bem preparado.

O que um investidor iniciante precisa saber?

Que fazer trading é um investimento de alto risco e, por conta disso, exige estudos e muita dedicação para aprender a ser um bom trader.

Quem está disposto a correr riscos para lucrar mais ou não vê problemas em estudar, vai encontrar uma ótima opção de investimento no trade.

Abra uma conta